Maria canta a sua gratidão

31 05 2008

Maria pôs-se a caminho

e dirigiu-se à pressa para a montanha, em direcção a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. (Lc 1,39-40).

 

Maria vai ao encontro de Isabel, que estava para ser Mãe.

Tem pressa de amar, de aliviar o trabalho.

É a força do Amor que a faz correr.

Disponível, atenta, põe-se a caminho.

O verdadeiro amor não é aquele que dá,

mas aquele que vai ao encontro.

Só o Amor desinteressado e activo é resposta adequada

às necessidades de quem precisa!

 

Maria canta a sua gratidão. N’Ela é todo o povo de Deus que agradece ao Senhor o cumprimento da sua Promessa. A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito exulta de alegria em Deus Meu Salvador….”

 

E eu, encanto-me ao reconhecer a acção de Deus na minha vida?

 

E se escrevesse, em cada dia, um pequeno fragmento do meu Magnificat?

 

Ir. Maria dos Anjos, p. m.

Anúncios




Estamos a caminho duma Fonte

30 05 2008

Estamos a caminho duma Fonte, … escrevíamos há dias atrás. Dizíamos que seria todas as semanas, afinal a caminho aparece todos os dias. O desafio foi lançado. Até quando avançaremos? Não sei, estamos a caminho, ….

Comentários, sugestões, desafios:

Corajosa iniciativa neste dia 23 de Maio de 2008!!! Espaço aberto a fazer caminho!!!

Aqui estamos nesta nova etapa! Obrigada pela audácia de a tempo e a contratempo anunciar Jesus Cristo! Este não será um espaço qualquer… mas uma estrada ora de terra batida, ora de alcatrão… ora um pequeno caminho ainda por trilhar… ora a A1 ou a A2, a A12 ou a A23, a A25 ou a que for!!!!

Seja qual for a estrada… estamos JUNTOS neste dinamismo crescente RUMO àquela FONTE que de longe nos atrai e sacia.

Caminhar! Não importa se caminhamos rapidamente ou de devagar, o que importa é avançar, transpor obstáculos, à chuva, ao sol, entre serpentes e leopardos… se JESUS CRISTO é o caminho, nada nos fará mal.

Os nossos passos de peregrinos em direcção a GRANDE FONTE, tornam-se firmes e vigorosos, juntos cruzamos mares e continentes. Onde quer que estejamos a Virgem Maria, a nossa Fundadora caminham connosco e a caminhada torna-se menos cansativa, é mais alegre, dinâmica, criativa.

” Se tu consegues ver a beleza da tua vida, ela é a tua melhor oração, porque é a oração do contemplativo”.

O deserto é bonito, disse ainda o Principezinho e o que o torna mais bonito é ter um poço escondido algures por aí”.

Ir. Maria dos Anjos, p. m.





Tu, segue-Me!

29 05 2008

“Jesus manifestou-se outra vez aos discípulos, junto ao mar de Tiberíades.

Disse a Pedro: Quando eras mais novo, tu mesmo te cingias e andavas por onde querias, mas quando fores velho, estenderá as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde tu não queres. E disse isto para indicar o género de morte com que Pedro havia de glorificar a Deus. E acrescentou. Segue-Me!

Pedro voltando-se, viu que o seguia o discípulo que Jesus amava. Ao vê-lo Pedro disse a Jesus: “Senhor, e deste que será? Disse-lhe Jesus: “Se eu quiser que ele fique até que Eu venha que tens com isso? Tu, segue-Me”.

É esse o discípulo que dá testemunho dessas coisas e as escreveu; e nós sabemos que o seu testemunho é verdadeiro” ( Jo 21, 1.18-24).

Tu, segue-Me!

 





E s c u t a Peregrino!

28 05 2008

“O êxito mais belo de uma vida é a santidade” (João Paulo II).

 

A santidade não é somente a presença de Deus num homem, é a sua vida, a sua acção nele. E uma vida humana plena de Deus.


Por que é a santidade a coisa mais bela do mundo?

Porque atravessa os séculos sem nunca se degradar ou corromper.
Porque torna o homem bem-aventurado.
Através dela, o homem é verdadeiramente transformado.
Eleva-o ao mais alto nível, até Deus, por ela, ele é cumulado de amor e animado pelo Espírito Santo.
É a coisa mais bela do mundo.
Se, se pudesse concentrar toda a luz do sol num homem, este brilharia com um fulgor deslumbrante.
Mas quem pode descrever a beleza da alma daquele em que Deus habita?
O santo é a feliz colaboração do homem e de Deus, artífice de toda a beleza. Senhor, só tenho uma vida para realizar tudo isto.
Estou certo que esta é a obra na qual se deve empregar a maior inteligência,
porque ela se situa no topo da escala de valores.
O que é preciso realizar é um vaso de puro cristal que mostre Deus através de um homem vivo e não apenas o seu retrato.

(François-Xavier Van Thuan)





Onde vais peregrino? Que buscais?

27 05 2008

Deus é a viagem e o destino da viagem

Ó Pai, dai-me força de espírito para subir

até à fonte de toda a luz, e para ser purificado.

Atravessai os nevoeiros da terra, o peso do pó.

Brilhai em esplendor, vós que sois tempo calmo.

E um lugar sossegado para as almas de fé repousarem.

Levais-nos, e ides á frente.

Vós sois a viagem, e o destino da viagem

Boécio, filósofo romano





Faz-se Caminho ao andar…

26 05 2008

O caminho é longo, é preciso chegar ao fim…
É pedregoso! É preciso desviar das pedras, seguir avante…
É preciso ter coragem, correr os riscos, enfrentar o perigo e ser constante…
O caminho não está feito… é preciso construí-lo todos os dias
derrubando barreiras, aterrando vales…

Às vezes escurece, é preciso estar prevenido,
nunca deixar a lâmpada sem azeite,
Às vezes chove, faz frio e o vento sopra e incómoda.
É preciso um abrigo.
Às vezes é solitário! É preciso um amigo.
O sol queima, a sede devora.
É preciso uma sombra, uma fonte onde a gente se revigore.
É preciso uma esperança profunda,

uma esperança que nunca desvanece.

A certeza de que alguém falou e a sua palavra nunca falha.
A certeza de que não estamos sós nesta jornada,
somos um povo a construir a sua estrada rumo ao mesmo fim.
Onde a promessa se cumprirá plenamente.
Onde não haverá mais chuva nem frio nem trevas.

Tu, que andas por este caminho, percorre-o até ao fim.
Constrói este caminho dia a dia, não em terra de areia, mas em chão firme.
Caminha sempre.
Não importa que haja quedas.
Importa sempre começar de novo…
confiar sempre no mesmo amigo,
seguir sempre em frente como peregrino, como povo,
caminhando e crescendo na mesma amizade e na mesma fé,
alimentados pela mesma esperança em busca de comunhão.

Caminhando sempre de mãos dadas,
com a mesma coragem e mensagem.
Eis o lema do Cristão:
Caminhante, não há caminho. Faz-se caminho ao andar.

(Texto partilhado)
Envie os seus textos!

irmanjosalves@hotmail.com





…ia a pé, devagarinho, até alguma fonte…

25 05 2008

– “Bom dia, disse o principezinho.

Bom disse o comerciante.

Era um comerciante de pílulas para matar a sede. Toma-se uma por semana e não se tem necessidade de beber.

– Por que vendes isso? – perguntou o principezinho.

– É uma grande economia de tempo – respondeu o comerciante.

– Os peritos fizeram cálculos. Poupam-se cinquenta e três minutos por semana.

– E que se faz nesses cinquenta e três minutos?

– Faz-se o que se quiser…

“Eu”, disse o principezinho de si para si, “se tivesse cinquenta e três minutos à minha disposição, ia a pé, devagarinho, até alguma fonte…”

(Saint-Exupéry, in O Principezinho)

Envie o seu comentário.

Envie os seus textos!

irmanjosalves@hotmail.com